Fernanda Siqueira: Ascensão com profissionalismo

Muita disposição para o trabalho no Prontomed e para o curso superior em Administração. No quadro Escola de Vida desse mês, Fernanda Siqueira explica como faz para manter a agitada vida profissional sem perder o pique.

Tamanho da letra:
A
A
  
  
Link permanente:
    
Publicado em: 09/05/2007

Apenas 23 anos e já exercendo funções de muita responsabilidade. É assim a vida de Fernanda Siqueira Cunha, responsável pelo setor de Contas Médicas do Hospital Prontomed. A jovem se divide entre os estudos no curso de Administração e as atividades profissionais no Grupo Med Imagem. ?Além do Contas Médicas eu ainda trabalho na Biomax, outra empresa do Grupo?, revela. Mesmo com tantas ocupações, ela nos conta que livros, filmes e saídas no fim de semana também fazem parte de sua rotina. ?Adoro dançar forró. Além de divertir, é um ótimo exercício físico?, ensina. Fernanda é personagem do quadro Escola de Vida desse mês.
 
Quando procurou uma vaga no Prontomed, a intenção de Fernanda era trabalhar na recepção do hospital. ?Uma amiga me avisou que estavam precisando de atendente e eu resolvi tentar. Deixei meu currículo três vezes em uma mesma semana?, conta. Foi chamada para uma entrevista e, eis a surpresa, saiu de lá como secretária do diretor presidente do Grupo Med Imagem. ?Gostaram do meu currículo, queriam alguém para essa função e eu fiquei?, explica. Toda essa história aconteceu no início do ano de 2005. De lá para cá a funcionária já mudou de atividade, passou por outros setores dentro da empresa, até assumir o Contas Médicas, função que desempenha até hoje. ?Acharam que eu tinha potencial para crescer no Grupo e eu aceitei enfrentar esse desafio?, explica.
 
O Contas Médicas é o setor do Prontomed responsável pelo pagamento dos médicos do hospital. Observando de longe, pode parecer um trabalho burocrático, mas Fernanda garante que a coisa não é bem assim. Segundo ela, existe uma proposta maior por trás de toda a questão financeira. ?Não queremos apenas pagar aos médicos, mas estabelecer uma relação de parceria entre a empresa e essa equipe de profissionais. É para isso que trabalho todos os dias?, frisa. Reuniões e muita disposição para o diálogo são os ingredientes utilizados pela profissional para manter um bom relacionamento com a equipe médica do hospital.

No ano passado, a funcionária teve que se afastar do Contas Médicas, setor que ajudou a organizar e estruturar. O motivo foi justo: uma nova função, um novo desafio. Fernanda foi convidada para trabalhar na Biomax, empresa de material hospitalar que também integra o Grupo Med Imagem. Agora que já se adaptou às novas atribuições, voltou ao Prontomed e acumula as duas atividades.
 

Fernanda com amigas em festa do Prontomed
Apesar da rotina profissional agitada, ela consegue separar bem as coisas. Sobra tempo para a graduação em Administração e para a diversão dos fins de semana. As horas vagas são preenchidas com filmes, livros e saídas, grande parte das vezes para dançar forró. ?Nos passos eu só enrolo, mas me divirto muito dançando?, conta. Em uma ida ao cinema, comédia romântica é a grande pedida. ?Também gosto de ler, sair para barzinhos com música ao vivo, esse tipo de coisa?, enumera. Solteira, ela ainda aproveita um pouco do tempo para ficar em casa, com os pais e o irmão.
 
Fernanda conclui seu curso de Administração no fim do ano e já decidiu que sua especialização evolverá a área financeira e de recursos humanos. Sua escolha foi muito influenciada pela experiência e o aprendizado que obteve no Grupo Med Imagem. A funcionária destaca como grande fonte de conhecimento o contato com os colegas de trabalho. ?Consigo assimilar o melhor de cada um dos meus colegas e aprendo com isso. Acredito que a identidade do Prontomed é resultado da junção de cada uma dessas pessoas?, afirma Fernanda.
 
Na vida profissional, ela defende que é preciso ir sempre além. Apenas cumprir as tarefas do cotidiano não é suficiente. ?O negócio é vestir a camisa da empresa. Estar sempre disponível, tanto para a empresa como para os clientes. E é isso que tento fazer?.

Rapidinhas

Uma música - Sou bem eclética, mas, para escutar trancada no quarto, um rock é bem vindo.

Um livro - O último que li: " Mulheres Boazinhas não Enriquecem".

Um filme - "O amor é contagioso". Não só pelo filme, que é muito bom, mas porque marcou um momento especial para mim.

Uma comida - Massas, chocolates, vinho.. Amo comer.

Uma meta - Bom, as metas servem para alcançarmos nossos objetivos finais. Então, terminar minha graduação, me especializar, viajar muito, conhecer vários lugares, pessoas, assimilar outras culturas. Enfim, tem muita coisa. Quanto mais alcançamos mais queremos alcançar, é da natureza humana!

Uma publicação periódica (jornal/revista) -  Isto é, Veja, Pequenas Empresas Grandes Negócios, Exame. Não leio uma única revista, as vezes elas são tendenciosas demais.

Um ídolo(a) - Um só não dá. Meus pais, D. Maria e Sr. Fernando.

Clarissa Poty
09.05.2007

Comentários
Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Deixe seu comentário
Nome *
Email *
Seu comentário *
Saiba mais
Sacada legal
“O que não se espera acontece com mais frequência do que o que se espera”.
- Tito Plauto, pensador e teatrólogo romano, sec. III.
Onde estamos
Rua Paissandu, 1894 - Centro
CEP: 64001-120 / Teresina-PI
Segunda a Sexta de 7h as 19h
(86) 3216-1122