João Medino: viver é uma arte!

Como a vida forma um artista? Na entrevista deste mês, o funcionário da Med Imagem e cartunista João Medino conta um pouco da sua história.

Tamanho da letra:
A
A
  
  
Link permanente:
    
Publicado em: 18/06/2007

Se não tivesse conseguido um emprego na Med Imagem, a essas horas João Medino da Silva estaria morando no Pará. ?Não arrumava trabalho já há cinco meses e meu sogro me ofereceu uma oportunidade em Bel Figueiredo, cidadezinha do Pará. Só que eu não queria ir embora daqui?, conta o hoje auxiliar de serviços gerais, que é teresinense de nascimento, mas vive com a esposa e os dois filhos na vizinha cidade de Timon. João Medino dependia de uma resposta da Med Imagem para definir seu futuro. ?Era o emprego aqui ou a vida no Norte?, lembra. Para sua alegria, a resposta da empresa foi favorável. No dia 18 de maio de 2005, ele começou a trabalhar nas dependências da Med Imagem.
  
Uma figura surpreendente, com um talento só recentemente revelado. Hoje em dia, além do trabalho contínuo, limpando, varrendo e cuidando para manter as instalações da Med Imagem sempre impecáveis, o funcionário também colabora om os portais do Grupo Med Imagem na internet. Ele é responsável por abastecer uma seção inteira dos sites com desenhos e cartuns de sua autoria. Pois sim! Medino é um artista de traço cheio, que já recebeu premiações em diversos salões e concursos. Mas essa sua outra vertente só foi descoberta há pouco tempo. Para entender melhor a história desse funcionário apaixonado por estórias e desenhos, nós entrevistamos João Medino para o quadro Escola de Vida deste mês.
  
Nestes seus 37 anos de vida Medino já fez muita coisa. ?Já fui despachante de empresa de ônibus, digitador, auxiliar administrativo, dono do próprio negócio, auxiliar de serviços gerais?, enumera. Em meio a tantas mudanças e ocupações, uma atividade sempre permaneceu: o desenho. Tanto que mesmo agora, na Med Imagem, ele não abandona sua arte. 
  
A arte de Medino: traço solto e uma idéia na cabeça
Medino conta que começou a gostar de quadrinhos ainda criança. ?Aprendi a ler tarde, só com 10 anos. Mas já nessa época, comecei a me interessar por quadrinhos americanos, como Homem Aranha, Capitão América, Hulk?, destaca. Daí para começar a criar suas próprias estórias, foi um pulo. Apesar de que, no início, Medino só escrevia os textos, os desenhos eram de autoria de um amigo. ?Eu não gostava dos meus desenhos. Não levava jeito para o desenho anatômico, certinho?, revela. Foi a descoberta do famoso chargista Angeli que mostrou para Medino que ele poderia, sim, desenhar. ?Folheando uma revista, conheci a produção do Angeli e percebi que você não precisa saber desenhar formalmente. Um traço mais leve, solto, mas com uma idéia boa, já é o bastante?, ensina. O encontro com o trabalho de Angeli aconteceu em 1986, e assim, aos poucos o artista foi se formando.
  
Depois que percebeu que poderia desenhar, Medino não parou mais. Passou dos quadrinhos para os cartuns e, em seguida, para outras experimentações. Hoje em dia, ele se arrisca até nas artes plásticas. ?Eu costumo dizer que, na verdade, brinco de fazer arte plástica?, comenta. O artista firmou parcerias, uma delas com o amigo chargista Jota A. Juntos, eles ganharam o segundo lugar na Categoria Tiras do importante Salão de Humor de Piracicaba, em 2003. ?Eu fiz os textos, o Jota A desenhou as tiras e saímos com essa ótima colocação?, explica.
  
Medino, Med Imagem e os cartuns
  
Quando não está com lápis e tintas nas mãos, Medino trabalha como serviços gerais nas dependências da Med Imagem. Quem transita pelo térreo da clínica, já deve ter visto o funcionário em ação, movimentando-se com agilidade pelas  recepções, limpando, varrendo, enxaguando. ?O movimento aqui é intenso e o trabalho precisa ser contínuo para garantir um bom ambiente para os clientes?, destaca. Mas ele garante que seu trabalho vai muito além de limpar e cuidar das instalações da empresa. ?Nós estamos lidando com pessoas que têm problemas de saúde. Por isso precisamos estar sempre prontos para ajudar, tratar todos com
Rir é o Remédio

extremo respeito, repassar as informações corretas. Isso tudo é muito importante?, ressalta o funcionário.
  
Medino faz questão de demonstrar que tem orgulho de sua função e da empresa em que trabalha. ?Gosto de fazer parte da família Med Imagem. É uma empresa que tem um lado humano muito forte e que aposta nos seus funcionários?, destaca.
  
Só recentemente, a direção da Med Imagem conheceu o trabalho artístico que Medino desenvolve fora da clínica. Não demorou para que o funcionário tivesse mais um espaço para mostrar seu talento. Durante um mês, o Portal Med Imagem expôs algumas obras do artista. Depois, os sites do Grupo Med Imagem estrearam a seção ?Rir é o Remédio?, toda abastecida por cartuns do funcionário. Para facilitar a exposição das obras de Medino nos sites e estimular a produção do artista, a direção da Med Imagem cedeu um computador para o funcionário. ?Fiquei muito surpreso e feliz. Acho que foi o melhor presente que eu já ganhei na vida?, conta.
  
O funcionário artista não nos deixa encerrar a entrevista sem mencionar os filhos Amanda Raquel e Guilherme, e a mulher, Socorro. ?Tudo que eu faço na vida, meu trabalho, tudo é por causa da minha família?, disse.
  
Jogo Rápido
  
Uma cor: preto e vermelho, do flamengo
Um artista: Pablo Picasso
Uma imagem: o dia do meu casamento
Um ídolo: Jesus Cristo
Uma música: Detalhes, de Roberto Carlos

Clarissa Poty
18.06.2007

Comentários
Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Deixe seu comentário
Nome *
Email *
Seu comentário *
Saiba mais
Sacada legal
“O que não se espera acontece com mais frequência do que o que se espera”.
- Tito Plauto, pensador e teatrólogo romano, sec. III.
Onde estamos
Rua Paissandu, 1894 - Centro
CEP: 64001-120 / Teresina-PI
Segunda a Sexta de 7h as 19h
(86) 3216-1122