4 benefícios psicológicos de caminhar

Um exemplo é que caminhar implica em uma ação de ir para frente, deixando o que nos preocupa para trás. Faça isso mais vezes. Você verá tudo mais claro

Tamanho da letra:
A
A
  
  
Link permanente:
    
Publicado em: 07/06/2017

1 - Libera a mente

Isso acontece quando tem de tomar uma decisão importante ou se encontra no meio de um conflito. Para diversas situações, é necessário dar um tempo e, sobretudo, buscar uma outra perspectiva. As coisas são melhor vislumbradas quando aplacamos os sentimentos e damos espaço para ampliar o nosso horizonte. É impossível que isso possa ser feito fechando-se entre quatro paredes. Você tem que sair ao ar livre, respirar ar fresco e se mexer. Caminhar implica em uma ação de ir para frente, deixando o que nos preocupa para trás. Faça isso mais vezes. Você verá tudo mais claro.

2 - Adeus às tensões!

Vivemos com muitas pressões e sob um estresse contínuo. Por isso, é normal que não saibamos controlar nossas emoções e que, muitas vezes, nos encontremos com raiva, sem saber por quê. Muitas pessoas põem isso em prática sem sabê-lo. Quando você estiver muitas horas trabalhando, implicado em uma mesma tarefa ou projeto, e se encontrar no seu limite, saia para caminhar. Estique as pernas, mexa-se um pouco do lugar em que estava e você conseguirá espairecer.

3 - Parar os pensamentos que giram em nossa cabeça

Há certos pensamentos em nossa mente que, ao invés de seguir o seu curso natural de surgir e desaparecer, ficam e permanecem. Esses pensamentos não são um mau sinal pelas ideias em si. Mas sim porque as remoemos, damos mil voltas e, ao final, não encontramos uma verdadeira solução. Estes pensamentos viram um círculo vicioso, do qual nos custa muito sair. E quem seria capaz de controlar o que vem à sua própria mente? Entre os benefícios psicológicos de caminhar se encontra o de ser capaz de “desapegarmos” de todas essas ideias que não nos deixam em paz.

4 - Aumenta a sua criatividade

Se você tiver um trabalho criativo, talvez tenha se encontrado na situação de não poder desempenhá-lo eficazmente por falta de criatividade. Isso é um grande inconveniente. Ainda que, em momentos de bom funcionamento, nossos projetos e trabalhos brilhem a todo o seu esplendor. Para que nossa mente esteja liberada e propensa a receber novas ideias podemos estimulá-la com sensações que simplesmente encontramos caminhando. Com esta atividade que não nos requer muito esforço estaremos preenchendo nosso depósito de criatividade.

Fonte: cidadeverde.com
Edição: A.R

Comentários
Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Deixe seu comentário
Nome *
Email *
Seu comentário *
Saiba mais
Sacada legal
Comovo-me em excesso, por natureza e por ofício. Acho medonho alguém viver sem paixões
- Graciliano Ramos
Onde estamos
Rua Paissandu, 1894 - Centro
CEP: 64001-120 / Teresina-PI
Segunda a Sexta de 7h as 19h
(86) 3216-1122