Os benefícios do amido resistente

Presente na banana verde, no arroz e na batata, esse amido multiúso dá uma força ao intestino e ajuda no controle do peso e do diabete.

Tamanho da letra:
A
A
  
  
Link permanente:
    
Publicado em: 26/04/2017

Uma revisão da Fundação Britânica de Nutrição dá muitos motivos para investirmos no amido resistente, um tipo de carboidrato que se comporta como uma fibra dentro do corpo. Um deles é o melhor manejo do diabete. É que o alimento abastecido nessa substância libera a glicose de maneira bem gradual. Daí não há picos de açúcar no sangue – e ficamos saciados por mais tempo. “Quando o amido resistente chega ao intestino grosso, é fermentado por bactérias, levando à formação de ácidos graxos de cadeia curta”, explica a nutricionista clínica Gabriela Maia, do Rio de Janeiro. Tais moléculas garantem o bem-estar do órgão. “O amido ainda estimula a proliferação de bactérias do tipo Acidophilus, que são vantajosas ao organismo”, completa a especialista.


Pit stop na geladeira

“A forma de preparo de um alimento interfere no teor de amido resistente presente ali”, avisa Gabriela. Após cozinhar arroz, macarrão, batata e companhia, o teor da substância cai. Mas é fácil de resolver. Basta refrigerar esses itens por mais ou menos uma hora. Depois, é só requentá-los sem preocupação.

Aposte na farinha de banana verde

Embora a biomassa feita com a banana verde tenha ganhado fama, é a sua farinha que concentra doses caprichadas de amido resistente. De acordo com Gabriela, um estudo mostrou que a biomassa concentra 8% da substância, enquanto a farinha esbanja 67%. Para preparar esse pó, basta cortar a polpa da fruta (bem verde!) em rodelas finas e espalhar em uma fôrma. Leve ao forno na temperatura mais baixa possível – só para desidratar. Espere esfriar e bata no liquidificador. Agora, veja uma receita com essa farinha:

Receita de bolo com farinha de banana verde e maçã

Ingredientes:

1/2 xícara de farinha de banana verde;
4 maçãs fujis;
¾ de xícara de açúcar demerara;
2 ovos;
2 colheres de sopa de óleo de coco;
1 colher de café de fermento em pó;
Canela em pó a gosto.

Modo de preparo:

Bata os ovos no liquidificador junto do óleo de coco, o açúcar e as maçãs picadas. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje a massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir com canela polvilhada.

Fonte: Saúde
Edição: F.C.

Comentários
Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Deixe seu comentário
Nome *
Email *
Seu comentário *
Saiba mais
Sacada legal
Comovo-me em excesso, por natureza e por ofício. Acho medonho alguém viver sem paixões
- Graciliano Ramos
Onde estamos
Rua Paissandu, 1894 - Centro
CEP: 64001-120 / Teresina-PI
Segunda a Sexta de 7h as 19h
(86) 3216-1122