Suplementos de vitamina D e cálcio não previnem fraturas em idosos

Os cientistas também avaliaram o efeito dessas substâncias na prevenção de fraturas não vertebrais, vertebrais e totais.

Tamanho da letra:
A
A
  
  
Link permanente:
    
Publicado em: 02/01/2018

Frequentemente associados ao tratamento e prevenção da osteoporose, os suplementos de vitamina D e cálcio são muito consumidos por idosos. No entanto, um novo estudo mostrou que essas substâncias não trazem benefícios ao corpo quaando o assunto é prevenir fraturas ósseas.

Publicada no periódico Jama (Journal of the American Medical Association) na terça-feira (26) a pesquisa analisou 33 estudos que envolviam 51.145 participantes com mais de 50 anos. No resultado, o uso de suplementos que incluíam cálcio, vitamina D ou ambos não foi associado a uma significante diferença no risco de fraturas no quadril, se comparado ao uso de placebo ou nenhum tipo de tratamento.

Os cientistas também avaliaram o efeito dessas substâncias na prevenção de fraturas não vertebrais, vertebrais e totais. Novamente, nenhuma associação significante entre o uso dessas substâncias e a diminuição dos riscos foi observada nesses casos.

Segundo os pesquisadores, essa descoberta conclui que o uso rotineiro de suplementos de vitamina D e cálcio em idosos não tem base científica para ser prescrito para evitar fraturas.


Fonte: UOL
Enviada por JC

Edição: F.C.

Comentários
Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Deixe seu comentário
Nome *
Email *
Seu comentário *
Saiba mais
Sacada legal
“O que não se espera acontece com mais frequência do que o que se espera”.
- Tito Plauto, pensador e teatrólogo romano, sec. III.
Onde estamos
Rua Paissandu, 1894 - Centro
CEP: 64001-120 / Teresina-PI
Segunda a Sexta de 7h as 19h
(86) 3216-1122