Crossfit: como funciona o treino, benefícios e riscos

O treino que combina diferentes exercícios proporciona um condicionamento físico completo

Tamanho da letra:
A
A
  
  
Link permanente:
    
Publicado em: 26/06/2018

O CrossFit surgiu nos Estados Unidos na década de 1990 e chamou a atenção até de academias de treinamento de oficiais das forças armadas americanas. Ele é um esporte derivado de vários outros, como atletismo, ginástica olímpica e levantamento de peso.

O resultado da combinação de diferentes exercícios é um condicionamento físico completo - com uma grande redução de gordura corporal e a regularidade em manter uma ótima forma.

 

Como funciona o treino de Crossfit

 

Para ter mais força muscular, é preciso fazer musculação. Quem quer flexibilidade, faz aulas de alongamento. Já quem quer melhorar a capacidade respiratória, busca a natação. Não seria melhor fazer um só treino que combine todos os benefícios para o corpo de uma só vez? Este é o objetivo do CrossFit.

A prática consiste na realização de exercícios funcionais que combinam força, resistência cardiovascular e respiratória, agilidade e flexibilidade entre si. São treinos de alta intensidade com tempo médio entre 40 e 60 minutos, levando o corpo ao seu extremo e desafiando seus limites.

O treino é composto por três partes:

- Aquecimento (preparo do corpo); Técnica (como executar os exercícios); WOD (Workout of the Day, ou "missão do dia").

Além da parte física, o treino também leva ao esgotamento mental e psicológico, trabalhando as percepções de limite do próprio corpo. É muito comum ouvir de um aluno após o treino de crossfit que está surpreso com a sua própria desenvoltura.

 

Benefícios do Crossfit


Emagrece: Os exercícios de alta intensidade do CrossFit fazem com que o corpo precise queimar as suas reservas de energia, que estão armazenadas em forma de gordura. Não é comum a prática do CrossFit com o uso de monitores cardíacos, mas existem estimativas de que o gasto seja de 800 a 1500 calorias durante um treino, dependendo da proposta do dia.

Constrói músculos: Você tonifica e define os músculos de forma até mais eficiente do que em uma academia convencional. O treinamento funcional do CrossFit trabalha vários grupos musculares em cada exercício, além de utilizar apenas alguns acessórios para a execução dos movimentos em vez de aparelhos de musculação.

Reduz o estresse: Por ser intenso e diferente a cada dia, o treino exige que você esteja 100% com o corpo e a mente concentrados no exercício. Não há espaço para outras preocupações, como trabalho, compromissos etc. Além disso, a energia acumulada pela tensão dos compromissos do dia a dia é liberada ao realizar os exercícios de alta intensidade. Como resultado, você vai para casa após o treino com a mente mais relaxada e o corpo livre de tensões do estresse.

Resultados rápidos: Segundo algumas pesquisas, um treino em alta intensidade alcança resultados mais rápido do que um treino de intensidade menor, no que diz respeito à queima de gordura e ao ganho de condicionamento físico.

Autoconfiança: Os desafios impostos durante o treino ajudam os praticantes a conhecer e ampliar seus limites, transferindo essa melhora para sua vida esportiva, pessoal e profissional.

Trabalha todas as aptidões físicas: Um bom treino trabalha resistência cardiovascular e respiratória, resistência muscular, força, potência, precisão, agilidade, coordenação, flexibilidade e equilíbrio.

Diversidade de exercícios: A grande maioria dos treinos de musculação nas academias convencionais costuma ser sempre do mesmo jeito: durante muito tempo você realiza os mesmos movimentos, nos mesmos aparelhos e com a mesma sequência. No Crossfit, os treinos mudam todo dia, tanto a sequência quanto o tipo de exercício realizado. Dessa forma, o seu corpo e a sua mente são sempre desafiados.

Corpo preparado para diversas situações: Os exercícios funcionais utilizados no CrossFit estão relacionados aos movimentos que utilizamos no dia a dia: correr para pegar um ônibus, abaixar e levantar um objeto do chão, carregar compras do supermercado, subir e pegar algum objeto do alto do armário, etc. De uma forma mais lúdica, você pratica esses movimentos durante o treino e consegue melhorar a sua condição física para realizar as tarefas rotineiras.

 

Treino de Crossfit em casa


O crossfit é uma modalidade que é praticada em academias, ou locais que contam com uma estrutura física adequada e também educadores físicos especializados. No entanto, ele também conta com alguns exercícios livres e que utilizam o peso do próprio corpo para serem realizados. Isso possibilita, por exemplo, que essa atividade física seja realizada em diferentes espaços.

Sendo assim, se você tem vontade de praticar essa modalidade de exercício, existem alguns movimentos que você pode fazer de casa sem ter a necessidade de ter um pneu de caminhão na sala ou pendurar uma corda no teto.

É importante ressaltar que esses são apenas alguns movimentos e a prática da modalidade envolve fundamentos bem complexos e que precisam de acompanhamento de um educador físico.

Flexão de braço: A flexão de braço é um exercício popular entre os praticantes de crossfit. A flexão trabalha diferentes grupos musculares, como peito, biceps e costas. Para realizar a flexão, é possível variar a posição das mãos para mudar um pouco o estímulo ao corpo.

Agachamento: Por ser um exercício que envolve o trabalho de diferentes músculos, articulações e tendões, o agachamento também é muito usado nos exercícios de crossfit e pode ser realizado em casa.

Burpee: Este exercício é muito usado na modalidade Cross Fit e tem como objetivo não só fortalecer o abdômen, mas também os braços e as pernas, e ainda proporcionar uma elevação considerável da frequência cardíaca.

Pular corda: Pular corda também é um exercício do crossfit que pode ser feito em casa. Trabalha os músculos do corpo, principalmente os glúteos e a musculatura das pernas, além de melhorar o condicionamento físico. Veja aqui como pular corda.

 

Riscos do Crossfit

 

É preciso conhecer os limites do corpo primeiramente antes de embarcar em uma modalidade como esta. Todo esporte pode ter lesão, uns com mais riscos que os outros. Os desafios são perigosos. O treinador bem preparado é fundamental para que os alunos evoluam em treinamento progressivo, até alcançar condições de praticar atividades de alta intensidade e sem cometer o erro de exagerar.

De acordo com um estudo realizado no Reino Unido, a frequência de lesões no crossfit acontece por conta da realização de exercícios de alta complexidade e por realização deles até a fadiga. O estudo aplicou um questionário a 132 participantes dessa modalidade de treinamento com a intenção de avaliar o índice de lesões. Cerca de 3/4 das pessoas relataram lesões nos ombros e na coluna. Nove deles relataram a necessidade de cirurgia após a lesão.

Segundo estudo brasileiro conduzido por pesquisadores da Santa Casa de São Paulo e publicado na revista Orthopaedic Journal of Sports Medicine, a chance de lesão no crossfit está intimamente associada ao nível de envolvimento do professor. O mesmo estudo concluiu que comparado a outros esportes, o crossfit ainda é considerado um esporte inofensivo.

Porém, segundo o texto de Bruno Smirmaul, mestre em Biodinâmica do Movimento e Esporte pela UNICAMP e doutor em Atividade Física e Saúde pela UNESP de Rio Claro, no portal EFBE (Educação Física Baseada em Evidências), é preciso ter cautela com as comparações.

"As comparações com outros esportes/atividades são apenas preliminares, devido a características como o tipo de população normalmente envolvida em cada tipo de esporte/atividade (nível de treinamento e experiência prévia, por exemplo), a não diferenciação de treinamentos ou competições (competições acarretam em maior número de lesões), a gravidade das lesões ocorridas em cada esporte/atividade, dentre outros fatores metodológicos de cada estudo?, alerta Smirmaul.

Recomendações

Consulte um médico para obter a liberação para a prática do crossfit antes de começar as aulas. Além disso, procure se informar sobre as qualificações dos profissionais de educação física que ministram as aulas na academia selecionada e avalie as condições de infraestrutura do local e dos aparelhos antes de realizar sua matrícula.

 

Fonte: Minha Vida

Edição: A.N.

Comentários
Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Deixe seu comentário
Nome *
Email *
Seu comentário *
Saiba mais
Sacada legal
Compreender é saber como seguir adiante.
- Ludwig Wittgenstein, filósofo.
Onde estamos
Rua Paissandu, 1894 - Centro
CEP: 64001-120 / Teresina-PI
Segunda a Sexta de 7h as 19h
(86) 3216-1122