Dicas e aplicativos para criar uma rotina de exercícios em 2018

Quer começar 2018 de forma saudável? Trouxemos algumas dicas e aplicativos que podem lhe ajudar

Tamanho da letra:
A
A
  
  
Link permanente:
    
Publicado em: 04/01/2018

Ano novo, vida nova! Mudanças de hábitos e de rotina costumam fazer parte do início do ano. Que tal começar 2018 melhorando seu condicionamento físico? Fazer exercícios e se alimentar bem pode ser o primeiro passo para viver um ano incrível. Não saber como começar não é desculpa, pois trouxemos algumas dicas que podem nortear seu dia-a-dia.

 

Conheça seus limites

 

É imprescindível ir ao médico e fazer um check-up antes de se dedicar aos exercícios, diz Larissa Kusano, professora da academia Bio Ritmo. “Fazer um exame completo anual é importante. Pode ser o primeiro passo para pensar no exercício como um aliado, melhorando níveis de colesterol, triglicérides, aumentando a resistência cardíaca”, explica.

Além disso, criar metas de frequência próximas do seu condicionamento físico é uma ideia boa. “Se estava difícil achar um tempinho para ir no parque, não se obrigue a começar a treinar 5 vezes por semana. A chance de você não conseguir criar essa nova rotina e desistir é grande”, afirma Larissa.

Por isso, não é indicado praticar exercícios de forma intensa logo no começo: essa prática pode prejudicar o corpo e extrapolar o limite do seu organismo.

 

Como começar?

 

O educador físico Flávio Areal, da BioFit, acredita que cinco princípios pré-treino devem ser considerados: individualidade biológica, adaptação, sobrecarga e continuidade. A corrida pode ser um bom começo para quem quer se exercitar aos poucos.

“É preciso tomar alguns cuidados antes de começar a prática da corrida. Mesmo que se tenha grande capacidade cardiorrespiratória –fôlego para correr –, sem uma adaptação progressiva à corrida haverão dores. O motivo é a falta de costume dos músculos e da exposição e das articulações”, conta.

Se você pretende optar pela corrida, o ideal é que comece caminhando para, aos poucos, aumentar o ritmo. “Intercalando caminhada com a corrida, associada a um treino de resistência para os membros inferiores com dominantes de quadril, joelhos, tornozelos e a musculatura do coração”, explica Flávio.

Mas, afinal, por que a corrida é uma boa opção? Flavio conta que a prática trabalha o condicionamento cardiorrespiratório, garantindo mais disposição, diminuindo o cansaço ao longo do dia e aumentando a concentração. “É ótima para o humor, emagrece e promove tônus muscular. Depois de um mês treinando pelo menos três vezes na semana, a pessoa já começa a perceber mudanças no corpo e no bem-estar”.

Já Larissa acredita que treinos curtos, porém intensos, dão mais resultados. “30 minutos de musculação ou cardio são suficientes se você se dedicar ao treino. Dê preferência a exercícios que trabalham mais de um músculo ao mesmo tempo. Alterne caminhada com trotes se você não consegue correr o tempo todo”, aconselha.

Douglas Joaquim, treinador da SmartFit, aponta que é difícil enxergar os progressos imediatamente. “É natural que as pessoas busquem resultados em um espaço de tempo muito curto, isso causa ansiedade e liberação de cortisol, podendo atrapalhar a percepção de resultados alcançados”, revela.

“Começar com metas para o primeiro mês de exercício, depois para o trimestre, aumente para o semestre até chegar a construir um macro-ciclo (programa de treinamento), que atenda o objetivo ao final de 1 anos de atividade”, explica.

 

Dicas de exercícios

 

Todo iniciante deve adotar um programa de treinamento específico para seu corpo e condicionamento físico. “Isso pode ser na academia através de séries de musculação e aulas coletivas, que engajam e são ótimas para quem está começando e precisa de um incentivo a mais. É normal sentir desconforto nas primeiras 72 horas. O importante é não desistir e encarar a atividade física como compromisso”, explica Flávio.

“Mas, como para maioria o mais difícil justamente é incluir a ida à academia na rotina, alternativas que permitam a atividade física em qualquer lugar cada vez mais viram tendência”, aponta. Uma dessas alternativas são os exercícios calistênicos, nos quais é possível se exercitar usando peso do próprio corpo. “A pessoa não precisa de equipamentos e mesmo assim trabalha várias articulações e músculos ao mesmo tempo, garantido resultados expressivos”, diz.

“Para as pessoas sedentárias que estejam com sobrepeso ou obesas classificadas pelo IMC, devem iniciar progressivamente um treino de caminhada 5 vezes por semana durante o maior tempo que conseguir até 30 minutos. A partir das primeiras 12 sessões de treino, será possível verificar reduções de pelo menos 1 kg de peso total por semana, aliando exercício físico regular e dieta hipocalórica”, conclui Flávio.

“Procure a orientação de um profissional”, alerta Larissa. “Exercícios em geral são benéficos para todos, mas somente um profissional formado será capacitado em indicar o que funcionará melhor para você em cada momento, de acordo com seus objetivos e rotina”.

Seguir todos esses passos pode ser complicado para principiantes. Está com dificuldades para organizar sua rotina e encaixar os exercícios? Sua solução pode estar na Internet: conheça alguns aplicativos que podem ser seus melhores amigos de treino.

 

BTFIT

 

É um app de aulas coletivas e diárias com duração de até 20 minutos. As aulas consistem em abdominal, workout, Ballet Fitness, Yoga, Cardio Dance e Mat Pilates.

 

Runkeeper

 

Destinado à vários tipos de esportes, o aplicativo oferece diversas opções para escolher: corrida, remo, skate, natação, cadeira de rodas e até corrida nórdica. No modo cronômetro, você pode contabilizar seu treino. No modo GPS, você pode checar em quais locais pode se exercitar. O app também armazena músicas para ouvir enquanto se move.

 

MyFitnessPal (Contador de Calorias)


A ferramenta é destinada apenas à contabilização do peso. Você pode escolher sua meta (perder, manter e ganhar) e o quão ativo você é com relação à exercícios. Colocando sua altura e seu peso, o app mostra o quanto de calorias você precisa consumir para chegar ao peso ideal.

Freeletics

Aplicativo de treinos e dicas com três versões disponíveis, de acordo com o modo que você deseja fazer seus exercícios.

Versão “Body Weigth”

Ideal para quem gosta de treinar ao ar livre e não possui equipamentos à disposição.

Versão “Gym”

Excelente para organizar o treino de quem frequenta academias. Possui workouts, vídeos, tutoriais e desafios.

Versão “Running”

Boa opção para quem faz caminhadas e corridas, incentivando sempre o corredor a superar seus limites.

Com essas dicas e inspirações, você está pronto para começar 2018 de forma saudável!

 

Fonte: Cláudia

Edição: A.N.

 

 

Comentários
Nenhum comentário cadastrado. Seja o primeiro!
Deixe seu comentário
Nome *
Email *
Seu comentário *
Saiba mais
Sacada legal
A verdade não se revela de forma absoluta em um ou outro texto, teórico, interpretativo da realidade objetiva. Cada interpretação contém uma faísca da verdade
- J. Habermas
Onde estamos
Rua Paissandu, 1894 - Centro
CEP: 64001-120 / Teresina-PI
Segunda a Sexta de 7h as 19h
(86) 3216-1122